Fique por dentro das novidades

Treino de marcha para melhora da funcionabilidade em pacientes com PC Hemiparética

Publicado em 25 de Janeiro de 2018
Treino de marcha  para melhora da funcionabilidade em pacientes com PC Hemiparética
Treino de marcha associado a prática de atividade bimanual para melhora da funcionabilidade em pacientes com Paralisia Cerebral Hemiparética

A paralisia cerebral (PC) é uma lesão permanente no sistema nervoso central durante a fase de maturação funcional e estrutural, onde a aprendizagem e a evolução das funções motoras são as principais acometidas. No Brasil estima-se que a cada 1.000 nascidos, sete sejam portadores de PC, sendo a Paralisia Cerebral Hemiparetica (PC-H) a variação clínica mais frequente. As alterações funcionais da PC-H são caracterizadas pela dificuldade na coordenação motora fina e por alterações na marcha.

Objetivo: verificar a influência do treino de marcha associado a prática de atividade bimanual no alcance e preensão de objetos em pacientes com paralisia cerebral hemiparética.

Metodologia: Trata-se de um estudo do tipo relato de caso, no qual a paciente voluntaria com diagnóstico de paralia cerebral hemiparética a Esquerda, foi submetida ao tratamento fisioterapêutico envolvendo o treino de marcha associado a atividades bimanuais, no período de 15 sessões.

Resultados: A paciente apresentou aumento na pontuação geral do GMFM-66; aumento nos Scores D e E  respectivos a descarga de peso e reação de proteção da Escala de QUEST e aumento na quantificação do comprimento do passo, da largura do passo e da distância da passada referente ao Protocolo de Kay Cerny.

Conclusão: Observou-se que o treino de marcha associado a atividades bimanuais gera benefícios na funcionabilidade de pacientes com Paralisia Cerebral Hemiparetica, relacionado a atividades manuais.

 
TCC apresentado no Curso de Fisioterapia da Devry / Metrocamp, da aluna Mariana do Carmo Salles, sob orientação da Profa. Dra. Cristina Iwabe – Marchese